top of page
  • Foto do escritorVinicius Adam

Entendendo as Garantias Pessoais: Especificidade e Executabilidade



Introdução


Uma garantia pessoal é um compromisso legal em que uma pessoa concorda em ser responsável pela dívida de uma empresa ou pelo desempenho de um contrato se a empresa não pagar ou não cumprir. No estado da Flórida, as garantias pessoais são frequentemente usadas em transações comerciais, particularmente em situações em que uma pequena empresa está buscando um empréstimo ou entrando em um contrato de locação. Entender como as garantias pessoais são criadas, aplicadas e interpretadas pelo judiciário - que é o objetivo final - é necessário antes de assinar uma ou fazer alguém assinar uma que você possa procurar fazer cumprir.


Este artigo tem como objetivo fornecer uma visão geral das garantias pessoais na Flórida, focando em sua especificidade e aplicabilidade.


O que são Garantias Pessoais?


Uma garantia pessoal é um instrumento legal que permite a um credor, locador ou outra parte recuperar uma dívida dos ativos pessoais de um garantidor se o devedor principal não cumprir suas obrigações. Em essência, é uma promessa feita por um terceiro (o garantidor) de pagar uma dívida ou cumprir um compromisso se o obrigado principal não o fizer. A promessa é a garantia, enquanto o acordo em si é conhecido como a garantia.


Na Flórida, as garantias pessoais são comumente usadas em empréstimos comerciais, locações comerciais e outras transações comerciais. Eles fornecem uma camada adicional de segurança para o credor, pois podem perseguir os ativos pessoais do garantidor se a empresa não cumprir suas obrigações. O principal é a entidade que é principalmente responsável por pagar a dívida. O garantidor é a pessoa que garante pessoalmente o desempenho das obrigações contratuais do principal, que normalmente envolve o pagamento. Os direitos e responsabilidades das partes, como discutido mais adiante neste artigo, podem variar muito dependendo da linguagem contratual.


Quando Procurar uma Garantia Pessoal


Os credores institucionais e as grandes empresas frequentemente solicitam garantias pessoais se acreditam que a empresa pode ser incapaz de cumprir suas obrigações financeiras. No entanto, cada empresa precisa avaliar e cobrir o risco. Parte deste processo inclui determinar quando uma garantia pessoal pode ser necessária.


No mundo das pequenas empresas, há várias circunstâncias em que o pedido de uma garantia pessoal pode surgir. Isso é particularmente comum quando a empresa está buscando assistência financeira ou entrando em acordos contratuais. Por exemplo, quando uma pequena empresa solicita um empréstimo, especialmente se é uma startup ou não tem um histórico de crédito sólido, os credores frequentemente exigem uma garantia pessoal do proprietário do negócio. Isso fornece ao credor uma camada adicional de segurança, garantindo que o empréstimo será reembolsado mesmo que a empresa encontre dificuldades financeiras.


Da mesma forma, ao alugar uma propriedade comercial, os proprietários podem solicitar uma garantia pessoal do proprietário do negócio. Isso atua como uma rede de segurança para o proprietário, garantindo que o aluguel será pago independentemente do status financeiro do negócio. Além disso, os fornecedores podem exigir garantias pessoais antes de estender o crédito para a compra de bens ou serviços.


Em essência, uma garantia pessoal serve como uma salvaguarda financeira adicional para a parte que está estendendo o crédito ou entrando em um contrato com o negócio. No entanto, é crucial para os proprietários de pequenas empresas entenderem que fornecer uma garantia pessoal significa colocar em risco os ativos pessoais se a empresa não puder cumprir suas obrigações. Portanto, é sempre aconselhável buscar aconselhamento jurídico antes de assinar qualquer garantia pessoal para entender completamente as possíveis implicações e riscos.


Especificidade das Garantias Pessoais


A lei da Flórida exige que as garantias pessoais sejam escritas e assinadas pelo garantidor. No entanto, a lei não prescreve uma forma ou linguagem específica para as garantias pessoais. Os termos de uma garantia pessoal podem variar amplamente dependendo das circunstâncias da transação e da negociação entre as partes.


Apesar da falta de uma forma prescrita, é crucial que uma garantia pessoal seja específica e clara. Deve identificar claramente o garantidor, o obrigado principal, o credor e as obrigações garantidas. Também deve especificar a extensão da responsabilidade do garantidor, se é limitada a uma certa quantidade ou é ilimitada, e se é uma garantia contínua ou limitada a uma transação específica.


Aplicabilidade das Garantias Pessoais


Na Flórida, as garantias pessoais são aplicáveis se cumprirem os requisitos básicos da lei de contratos, incluindo o consentimento mútuo, a consideração, a legalidade do objeto e a capacidade de contratar. Se uma garantia pessoal for vaga ou ambígua, um tribunal pode interpretá-la contra a parte que a redigiu, normalmente o credor.


Se uma empresa não cumprir suas obrigações, o credor pode processar o garantidor para fazer cumprir a garantia pessoal. O credor deve provar a existência da garantia pessoal, o incumprimento pelo obrigado principal e o montante da dívida. Se o credor prevalecer, pode obter uma sentença contra o garantidor e fazê-la cumprir contra os ativos pessoais do garantidor. É importante notar que é a obrigação do credor mostrar que todas as condições para a responsabilidade do garantidor ocorreram ou foram cumpridas antes de apresentar a ação. Esta obrigação inclui mostrar que o valor dos ativos recebidos como garantia foi insuficiente para cobrir toda a dívida.


Garantia Condicional vs. Garantia Absoluta


O credor não tem a obrigação de buscar o reembolso da dívida do principal antes de perseguir o garantidor se a garantia especificar que a garantia é "absoluta". Uma garantia condicional, por outro lado, requer que o credor tenha agido com diligência para cobrar a dívida do principal, mas não consiga cobrar os montantes devidos. De fato, um tribunal pode concluir que o garantidor foi liberado se o credor negligenciar de forma irrazoável proceder contra o principal. Na mesma linha que a garantia condicional, os tribunais também sustentaram que se um credor é negligente em proteger, fazer cumprir ou garantir a garantia para a dívida, como bens imóveis ou pessoais e contas a receber, a dívida ou o garantidor podem ser liberados.


A violação de uma garantia que dá origem a uma causa de ação normalmente ocorre quando o principal não cumpre seguido pela recusa subsequente do garantidor em pagar a dívida. Segue-se que a melhor prática, mesmo se a garantia for absoluta, é fazer uma demanda formal por escrito de pagamento tanto do principal quanto do garantidor.


A Dívida Excede a Garantia


Uma garantia não é nula se a dívida exceder a garantia pessoal. Mesmo cobranças indevidas ou excessivas em detrimento do contrato não liberam o garantidor da obrigação sob a garantia. No entanto, o garantidor nessas circunstâncias só pode ser considerado responsável até o limite da garantia.


Modificação dos Termos do Contrato


Se os termos do contrato forem alterados de maneira significativa, o credor deve obter o consentimento dos garantidores para os novos termos. Caso contrário, os tribunais podem considerar a garantia inaplicável. A recusa de um garantidor em executar uma nova garantia não constitui revogação da garantia existente.


Honorários de Advogado e Custos


A menos que a garantia especifique que o garantidor é responsável pelos honorários de advogado e custos, o credor pode ser incapaz de cobrar essas despesas significativas que fez na busca da dívida.


Conclusão


As garantias pessoais desempenham um papel vital nas transações comerciais da Flórida, fornecendo aos credores uma camada adicional de segurança. No entanto, eles também representam riscos significativos para os garantidores, que podem ser pessoalmente responsáveis pelas dívidas de uma empresa. Portanto, é crucial que os garantidores entendam os termos de uma garantia pessoal antes de assiná-la e procurem aconselhamento jurídico, se necessário. Entre em contato com os especialistas jurídicos da VAdam Law com qualquer pergunta sobre os contratos de sua empresa, incluindo garantias pessoais.


Se você quiser saber mais sobre a VAdam Law e agendar uma consulta gratuita, visite nosso portal de agendamento online ou ligue 24 horas por dia para (954) 451-0792.



0 comentário

Comments


bottom of page